Em um esforço para aprimorar e integrar os sistemas de Recuperação Ambiental, Pagamentos por Serviços Ambientais e Carbono, a Secretaria Estadual do Meio Ambiente (Sema), em parceria com a The Nature Conservancy (TNC), finalizou nesta sexta-feira (14) um workshop que resultou no estabelecimento de um cronograma de ações para firmar um Acordo de Cooperação Técnica.

Este acordo visa iniciar a construção de uma plataforma integrada que alimentará o banco de áreas aptas para restauração no estado da Bahia e monitorará as propriedades rurais que já recebem e as que passarão a receber incentivos e pagamentos por serviços ambientais para implementar atividades de recuperação e conservação ambiental.

Foto: Ascom/Inema

Segundo a diretora de Política e Planejamento Ambiental da Sema, Luana Ribeiro, para dar seguimento às ações definidas, foi formado um grupo de trabalho composto por representantes designados de cada órgão participante. Este grupo será responsável por coordenar e implementar as etapas acordadas. A primeira reunião deste grupo está agendada para o dia 19 de junho, onde serão discutidos os próximos passos e o progresso das ações estabelecidas.

O workshop contou com a participação de especialistas da Sema, do Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema), da Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI) e da TNC. As apresentações e discussões durante o evento focaram no uso de tecnologias geoespaciais, analytics e inteligência artificial, para tornar os sistemas existentes mais seguros, operacionais e eficientes para a tomada de decisões.

Foto: Ascom/Inema

“A nova plataforma integrada permitirá monitorar eficientemente as propriedades rurais envolvidas no Pagamento por Serviços Ambientais (PSA), assegurando a compensação justa para aqueles que protegem e conservam nossos recursos naturais,” afirmou Marcelle Chamusca, coordenadora do PSA. “Essa iniciativa fortalece o compromisso das comunidades locais com a conservação ambiental, alinhando-se perfeitamente com os objetivos da Sema.”

Fonte: Ascom/Inema

Fonte: Clique aqui

Créditos do autor: Lais Souza

Créditos da imagem: Reprodução/Divulgação

Os direitos de imagem e texto são de autoria dos respectivos autores e editores mencionados no post original. Consulte a fonte primária clicando em ‘Fonte: Clique aqui’. Esta plataforma respeita a legislação de direitos autorais vigente (Lei nº 9.610/1998) e compromete-se a retirar qualquer conteúdo que infrinja os direitos autorais mediante notificação apropriada. Clique em ‘Contato’ para falar conosco.