Sudorese é o a produção de suor pela pele, que normalmente acontece quando a temperatura corporal se eleva, ajudando o organismo na sua regulação.

Geralmente, a sudorese é causada por ambientes quentes, exercício físico, emoções fortes ou uso de alguns medicamentos como os antidepressivos, mas também pode indicar menopausa e doenças como hipotireoidismo, diabetes ou linfoma, especialmente se surgirem outros sintomas como febre ou perda de peso.

Leia também: 6 principais causas de suor frio (e o que fazer)


tuasaude.com/suor-frio

Em caso de suspeita de sudorese excessiva, é indicado consultar o dermatologista ou clínico geral. Além do tratamento da causa, podem ser indicadas medidas, como evitar alimentos picantes e roupas apertadas, produtos antitranspirantes, medicamentos anticolinérgicos e, algumas vezes, cirurgia. 


Sintomas de sudorese

Os principais sintomas de sudorese são:

  • Suor visível na testa, mãos, pés, axilas, pescoço, virilha ou costas;
  • Roupa ou meias molhadas ou encharcadas de suor;
  • Sensação de suor escorrendo na testa ou nas costas;
  • Mãos molhadas de suor;
  • Mau cheiro nos pés ou nas axilas;
  • Acordar à noite com suor;
  • Ondas de calor.

Os sintomas de sudorese podem variar de acordo com sua causa e nem sempre indicam problemas de saúde, no entanto, podem causar desconforto físico ou psicológico principalmente quando é excessivo.

Nesses casos, é importante consultar o dermatologista para identificar a causa e, se necessário, iniciar o tratamento mais adequado.

Marque uma consulta com o dermatologista na região mais próxima de você:

Cuidar da sua saúde nunca foi tão fácil!

Marque uma consulta com nossos Dermatologistas e receba o cuidado personalizado que você merece.



Marcar consulta

Disponível em: São Paulo, Rio de Janeiro, Distrito Federal, Pernambuco, Bahia, Maranhão, Pará, Paraná, Sergipe e Ceará.


Foto de uma doutora e um doutor de braços cruzados esperando você para atender

Principais causas

As principais causas de sudorese são:

  • Ambientes quentes;
  • Exercício físico;
  • Emoções intensas;
  • Ansiedade;
  • Febre;
  • Sobrepeso ou obesidade;
  • Menopausa;
  • Alimentos picantes e bebidas quentes;
  • Consumo excessivo e frequente de álcool;
  • Uso de alguns medicamentos, como antidepressivos e antipsicóticos;
  • Doenças, como hipertireoidismo, diabetes mellitus, tuberculose ou linfoma.

Além disso, a sudorese é mais comum após a puberdade, especialmente em meninos, e tende a reduzir com a idade, normalmente devido à diminuição na quantidade de atividade física, normal em pessoas mais velhas. Confira as principais causas de suor excessivo.

Leia também: Suor excessivo na cabeça: o que pode ser e o que fazer


tuasaude.com/suor-excessivo-na-cabeca

O que pode ser sudorese noturna

A sudorese noturna pode ser causada por ambientes quentes e pouco ventilados, excesso de cobertores ou roupas ao dormir e/ou ansiedade, mas também pode indicar doenças, como tuberculose e linfoma, sendo comum existirem outros sintomas como perda de peso e febre. Conheça outras causas de sudorese noturna e o que fazer.

Quando a sudorese é excessiva?

A sudorese é considerada excessiva quando a produção de suor é intensa e frequente, persistindo por 6 meses ou mais e prejudicando as tarefas diárias. Nesses casos, a sudorese intensa é chamada de hiperidrose.

Sudorese nas mãos, pés e axilas é comum?

A sudorese nas mãos, pés e axilas é comum devido à grande concentração de glândulas sudoríparas na pele dessas partes do corpo, nem sempre sendo indicativa de um problema. Veja as principais causas de suor nas mãos.

Leia também: Como tirar o cheiro de suor das axilas (6 dicas e remédios caseiros)


tuasaude.com/como-tratar-o-cheiro-de-suor

O que fazer em caso de sudorese excessiva

O tratamento da sudorese excessiva depende da sua causa e deve ser feito especificamente para a doença que está provocando a produção excessiva de suor.

No entanto, algumas medidas que podem diminuir a sudorese excessiva incluem:

  • Evitar alimentos picantes e bebidas muito quentes;
  • Preferir roupas mais folgadas e de algodão;
  • Evitar ambientes abafados ou muito lotados;
  • Usar calçados que permitam os pés respirarem;
  • Evitar o consumo frequente e excessivo de álcool;
  • Usar palmilhas e discos absorventes;
  • Aplicar produtos antitranspirantes nas partes do corpo afetadas, como desodorantes, pomadas, pós e loções.

Além disso, algumas vezes o dermatologista também pode indicar tratamentos mais específicos, como terapia com iontoforese, aplicação de toxina botulínica, medicamentos anticolinérgicos ou a cirurgia para controlar a sudorese. Conheça as principais opções de tratamento para sudorese excessiva.

Leia também: 4 tratamentos caseiros para suor excessivo (e como preparar)


tuasaude.com/remedio-caseiro-para-hiperidrose

Remédio para sudorese excessiva

Os remédios para sudorese mais indicados são loções, pomadas e pós com cloreto de alumínio hexahidratado, que devem ser aplicados sobre a pele seca antes de dormir diariamente. 

Outras opções são medicamentos anticolinérgicos, como a oxibutinina, que normalmente são indicados nos casos mais graves de sudorese, devendo ser usados somente com a orientação do médico.

Fonte: Tua Saúde!