Poucas coisas aproximam governo e oposição no Congresso, mas a eventual saída da ministra da Saúde, Nísia Trindade, tem o “efeito ímã”. O ministro Alexandre Padilha, desmoralizado na articulação política, já se apresenta como opção a Nísia. Após a reunião ministerial de segunda (18), Nísia despachou com Lula no Planalto para acertar o rumo. Fontes confirmam a presença do secretário-executivo do ministério, apesar de não constar da agenda oficial. Ela vai ficando, mas já não é indemissível.

A vacinação contra dengue só alcançou 0,2% da população e pouco mais de 14% do público-alvo, crianças de 11 e 12 anos. Um fiasco.

O papelão do governo federal no combate à dengue é um dos principais causadores da queda na aprovação de Lula e de sua administração.

Situação e oposição têm até data para a próxima crise envolvendo a ministra: fim de abril, quando vencem lotes estocados da vacina Qdenga.

No Congresso, partidos estão de olho nos mais de R$21 bilhões previstos em emendas parlamentares. PT e PL somam R$3,8 bilhões.


Antônio Rueda (E) foi ameaçado por Luciano Bivar (D)

DF vigia pistoleiros que ameaçam Rueda, do União

O secretário de Segurança do governo do DF, Sandro Avelar, disse que a área de Inteligência monitora supostos assassinos de aluguel em Brasília observando a rotina do novo presidente do União Brasil, Antônio Rueda. O foco do governo do DF é proteger a família ameaçada. A Justiça pode decretar sem demora a prisão da dupla, vista em um carro, lentamente, à frente do escritório de Rueda, e registrando tudo em fotos e vídeos. A polícia observou que eles deixaram a cidade e dias depois retornaram.

A investigação verificou que o veículo era de aplicativo, facilitando a identificação do motorista, que deu mais pistas dos suspeitos.

Rueda e família, foram ameaçados de morte pelo deputado Luciano Bivar (PE), inconformado com a perda do controle do partido.

Uma das provas de ameaça é a gravação chocante em que, aos gritos, demonstrando muita raiva, Bivar ameaça matar familiares de Rueda.

Poder sem Pudor

O céu que nos protege

Doutorado e pós-graduado em política e dificuldades, ainda assim o saudoso deputado pernambucano Thales Ramalho tinha muito a aprender. Em campanha para novo mandato, certa vez, ele viu que a seca tornara desoladora a paisagem Serra Talhada (PE). Puxou conversa com um agricultor: “A terra está ruim, não é, meu amigo?” A resposta representou a lição do dia: “A terra até que tá boa, dotô. O céu é que não está prestando…”

Apesar dos 425 deputados que registraram presença na sessão plenária da Câmara, na tarde desta quinta (21), apenas 25 deram as caras. Os artistas neutralizaram a fraude inventando a sessão “semipresencial”.

O feriado de Sexta-Feira Santa, dia 29, já provoca esvaziamento do Congresso e da Esplanada dos Ministérios, esta semana. Parlamentares e até ministros, esses folgados, ficarão fora de Brasília até abril.

“É a retratação ou a responsabilidade por calúnia e difamação. Lula decide”, deputada Rosana Valle (PL-SP) dá alternativas para o presidente após mentir sobre o “sumiço” de móveis do Alvorada.

Ratinho Jr (PSD) é o melhor cabo eleitoral para candidatos a prefeito de Curitiba. Levantamento do Paraná Pesquisas apurou que 35,1% dos eleitores “com certeza” votam no indicado do governador do Paraná.

Frase do dia

“Presidengue, a cara da dengue no Brasil”

Deputado Coronel Alberto Feitosa (PL-PE) lançando boneco de Lula vestido de mosquito

Paulo Teixeira (Desenvolvimento Agrário) inventou de atribuir a Marina Silva (Meio Ambiente) abertura de mercado em evento do agronegócio. Foi a “senha” para tomar vaia tão estrepitosa quanto inesquecível.

A deputada federal Julia Zanatta (PL-SC) lançou uma mini boneca inspirada nela mesma. A criação foi de um artista paranaense, e ela garante: a boneca espanta comuna.

Rubinho Nunes (União-SP) ficou intrigado após piada do ministro Dias Toffolli (STF) com o tamanho do colega Flávio Dino. “Agora o Toffoli vai responder por importunação de baleia?”, quis saber o vereador.

O deputado Vander Loubet (PT-MS) foi internado em Campo Grande (MS) nesta quinta (21), logo após retornar de Brasília. O quadro é desidratação aguda, mas os médicos descartaram dengue.

…no Congresso, março já bateu asas e voou.

Fonte

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *