Anderson Leonardo está internado em estado grave (Foto: Redes sociais, Divulgação)

Anderson Leonardo, vocalista do Grupo Molejo, foi internado em estado grave, neste domingo (24), após complicações de um câncer que enfrenta na região inguinal (virilha) desde 2022. A doença, segundo o Ministério da Saúde, é rara e afeta região entre o ânus e o pênis.

Continua depois da publicidade

Siga as notícias do NSC Total pelo Google Notícias

Na manhã desta segunda-feira (25), a assessoria do cantor informou o estado de saúde de Anderson e pediu orações. 

“A assessoria do Grupo Molejo vem informar que infelizmente, devido ao agravo da doença que acomete o cantor Anderson Leonardo, o mesmo necessitou ser hospitalizado neste domingo em estado grave. Pedimos a todos os fãs e amigos, que continue em orações pelo nosso cantor”, diz o comunicado. 

O que é o câncer Inguinal? 

O câncer inguinal é um tipo raro que afeta a região entre o pênis e o ânus. A doença pode ser uma metástase (quando se espalha para outras partes do corpo) de cânceres originados na próstata, testículo ou melanoma, que se espalham para os gânglios linfáticos da virilha. No caso de Anderson Leonardo, não está claro onde a doença começou. 

Continua depois da publicidade

VÍDEO: Kate Middleton revela que está com câncer

Segundo o Ministério da Saúde, os principais sinais e sintomas do câncer de pênis são ferida ou úlcera persistente, com tumor na glande e secreção branca. Além da tumoração no pênis e das feridas, a presença de gânglios inguinais (ínguas na virilha) ou nódulos também devem ser observados, pois podem indicar metástase. 

A doença atinge, com maior incidência, homens que têm 50 anos ou mais, embora possa atingir também os mais jovens, e pode estar associada à má higiene íntima e à infecção pelo pipolmavírus humano (HPV).

No surgimento de qualquer uma dessas manifestações clínicas, é fundamental procurar ajuda médica imediata para evitar possíveis complicações, informa o órgão. 

Confira as fotos

Continua depois da publicidade

O cantor foi diagnosticado com câncer inguinal em outubro de 2022. Em janeiro do ano passado, a doença havia entrado em remissão. Entretanto, em maio de 2023, ele retomou o tratamento. Na semana passada, dia 19 de março, depois de uma longa hospitalização, Anderson teve alta.

Nos comentários do post das redes sociais, amigos e fãs se solidarizaram com o cantor e mandaram boas energias. “Juntos em oração”, comentou a dançarina Carla Perez. “Força ídolo, estamos com você”, comentou outra seguidora.

Leia mais

Veja como funciona o processo de quimioterapia contra o câncer

Dia Mundial de Combate à Tuberculose: SC tem mais de 2 mil casos da doença por ano

Conheça a cientista da UFSC que criou repelente capaz de matar mosquito da dengue em tecidos

Fonte

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *