O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, disse nesta terça-feira (7) que a mais recente proposta de trégua do grupo islâmico palestino Hamas está muito aquém das exigências essenciais de Israel, acrescentando que a pressão militar continua sendo necessária para resgatar os reféns mantidos em Gaza.

Mais cedo, as forças israelenses assumiram o controle do lado palestino da passagem de fronteira de Rafah, entre o Egito e Gaza, em um movimento que Netanyahu disse ser “um passo muito significativo para a destruição das capacidades militares remanescentes do Hamas.”

Fonte: CNN Brasil