Dante Lauretta, professor do Laboratório Lunar e Planetário da Universidade do Arizona (EUA), contou ter recebido US$ 1 bilhão (cerca de R$ 5 bilhões) para liderar uma missão que tinha como objetivo descobrir tudo o que fosse possível sobre o asteroide Bennu, o mais perigoso do sistema solar e que pode cair sobre a Terra em 2182.

Quem é o cientista

Ele liderou a missão Osiris-REx, da Nasa, que buscou investigar o asteroide. Uma sonda foi lançada em 2016 e, quatro anos depois, pousou no asteroide Bennu, onde coletou cerca de 250 gramas de poeira de sua superfície rochosa. Em setembro do ano passado, a amostra foi trazida à Terra. O material serve para “ajudar a entender melhor os tipos de asteroides que podem ameaçar a Terra” e lançar luz “sobre a história mais antiga do nosso sistema solar”, segundo a Nasa.

Agora, o pesquisador lança um livro em que conta detalhes da investigação. O “The Asteroid Hunter: “A Scientist’s Journey to the Dawn of our Solar System by Dante Lauretta” (O Caçador de Asteroides: A Jornada de um Cientista ao Sistema Solar, em tradução livre) traz informações sobre o pouso da Osisris no asteroide para colher amostras.

Fonte
Uma nova postagem a cada 10 Minutos

Fonte

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *