Líderes mundiais enviaram mensagens de solidariedade a Kate Middleton, a princesa de Gales, depois que ela anunciou seu diagnóstico de câncer nesta sexta-feira (22).

O primeiro-ministro do Reino Unido, Rishi Sunak, foi um dos líderes que comentou o estado de saúde de Kate. “A Princesa de Gales tem o amor e o apoio de todo o país enquanto continua a sua recuperação”, disse Sunak num comunicado. “Ela demonstrou uma enorme coragem com a sua declaração. Nas últimas semanas, ela foi submetida a um intenso escrutínio e foi tratada injustamente por certos setores da mídia em todo o mundo e nas redes sociais”, acrescentou.

Integrantes da família real britânica manifestaram apoio à princesa. Em um comunicado, o Palácio de Buckingham afirmou que o o Rei Charles III está orgulhoso de Kate pela coragem de vir a público sobre o assunto.

“O rei e a rainha vão continuar a oferecer apoio e amor à família toda neste momento difícil”, disse o palácio.

O príncipe Harry e Meghan Markle também desejaram melhoras à princesa. “Desejamos saúde e cura para Kate e sua família e esperamos que eles possam fazê-lo em privacidade e em paz”, disseram o duque e a duquesa de Sussex em comunicado.

A Casa Branca chamou a notícia da doença de Kate de “terrível” e disse que o governo estava “incrivelmente triste”. Enquanto isso, a primeira-dama dos Estados Unidos, Jill Biden, postou nas redes sociais: “Você é corajosa e nós amamos você”.

O presidente francês, Emmanuel Macron, também enviou uma mensagem a Kate: “Sua Alteza, neste período difícil que você está passando, Brigitte e eu lhe desejamos uma recuperação total. Sua força e resiliência inspiram a todos nós”.

Fonte: CNN Brasil

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *