Mais novo campeão mundial de boxe, o baiano Robson Conceição foi recepcionado, na manhã desta terça-feira (9), no gabinete do governador Jerônimo Rodrigues, em Salvador, quando compartilhou os desafios até a competição no Prudential Center, em Newark, nos Estados Unidos, e os planos, a partir de agora, com o esporte. Robson se tornou o 8º campeão mundial no segmento com a conquista do cinturão dos pesos super-penas (que chega a 58,967 quilos), do Conselho Mundial de Boxe (WBC).

“A história de Robson é a história de muitos esportistas brasileiros. São pessoas que vêm de baixo, que precisam de apoio. Por isso, a presença dele aqui me chama atenção para que a gente não abra mão dos investimentos nos esportes. Seja com equipamentos, com escola, formando profissionais; com editais de bolsas. Mas, hoje, o brilho é dele, a luz é dele. O Estado pode apoiar, mas é dele esse cinturão”, celebrou o governador, ressaltando o trabalho de Robson e de outros atletas baianos.  

Foto: Thuane Maria/GOVBA

O campeão mundial disse que um dos desejos, agora, é incentivar outras crianças e jovens à prática de boxe no bairro do São Caetano. “O Governo do Estado é o que mais trabalha para o esporte. Então, eu tenho certeza que, juntos, vamos incentivar muitas crianças e jovens. O São Caetano sempre esteve comigo, acreditando na minha determinação, na minha garra. Nunca me deixaram desistir”, disse o pugilista baiano sobre a trajetória no boxe.

Ele foi um dos esportistas de alto rendimento beneficiados pelo programa Bolsa Esporte, da administração estadual. Um suporte importante, na avaliação dele, para o próprio desenvolvimento e de outros esportistas baianos.

Foto: Thuane Maria/GOVBA

“Políticas públicas como o Bolsa Esporte são muito importantes na vida do atleta, porque o atleta da Bahia tem que trabalhar para levar o sustento para casa. No início, eu trabalhava vendendo verduras no bairro da Boa Vista. Tinha essa preocupação de treinar e levar o alimento para casa. Com esse conforto do Bolsa Esporte, você treina muito mais tranquilo e pode treinar com um material de qualidade”, completou.  

O Bolsa Esporte foi criado em 2009, pela Lei 11.363, e disponibiliza para os atletas residentes na Bahia um auxílio financeiro para treinamento e participação em competições regionais, nacionais e internacionais. Este ano, o Edital Bolsa Esporte, lançado no último dia 26 de junho, teve R$ 3,4 milhões investidos pelo Governo do Estado, por meio da Superintendência de Deportes da Bahia (Sudesb), órgão vinculado à Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), para atender até 209 atletas. As bolsas ainda foram ampliadas, com reajustes que vão de 80 a 110% em 2024.

Repórter: Milena Fahel/GOVBA

Fonte: Clique aqui

Créditos do autor: Louise Cibelle

Créditos da imagem: Reprodução/Divulgação

Os direitos de imagem e texto são de autoria dos respectivos autores e editores mencionados no post original. Consulte a fonte primária clicando em ‘Fonte: Clique aqui’. Esta plataforma respeita a legislação de direitos autorais vigente (Lei nº 9.610/1998) e compromete-se a retirar qualquer conteúdo que infrinja os direitos autorais mediante notificação apropriada. Clique em ‘Contato’ para falar conosco.