O Governo Estadual deu início à Jornada de Construção Colaborativa da Estratégia de Governo Digital 2024-2029. O projeto vai ditar os rumos da transformação digital do Estado, que terá investimento total de 52 milhões de dólares, com apoio do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). O evento de lançamento da iniciativa foi realizado nesta quarta-feira (19), no Centro Administrativo da Bahia, com a presença de lideranças do Poder Executivo baiano, representantes do Governo Federal, além de consultores contratados para conduzir o projeto.

O pontapé inicial foi dado pela Secretaria da Administração do Estado (Saeb), por meio do programa Bahia Mais Digital. O lançamento da Jornada de Construção da Estratégia de Governo Digital foi conduzido por representantes do consórcio que conduzirá o projeto, o urbanista Claudio Marinho (empresa Porto Marinho), o cientista Sílvio Meira (TDS Company), ambos fundadores do Porto Digital, um dos principais parques tecnológicos e ambientes de inovação do Brasil.

Foto: Leonardo Rattes/Sesab

A Jornada de Construção Colaborativa da Estratégia de Governo Digital do Estado contará com uma combinação de 26 eventos presenciais e virtuais, realizados ao longo de três meses. O projeto irá mobilizar os participantes, entre outras atividades, na elaboração de objetivos e iniciativas estratégicas, priorização de capacidades e definição de um plano de ação, com projetos a serem executados pelo Estado. Ao final, está prevista ainda uma etapa de monitoramento da execução da estratégia, a ser realizada com reuniões mensais ao longo de nove meses.

Desenvolvida em conformidade com a Estratégia Nacional de Governo Digital (ENGD), do Ministério da Gestão e Inovação, a iniciativa da Jornada de Construção Colaborativa da Estratégia de Governo Digital está alinhada também às diretrizes do Comitê do Governo Digital do Estado da Bahia e ao Programa Especial de Governo Digital do Plano Plurianial (PPA) do Governo do Estado.

O secretário da Administração, Edelvino Góes, destacou a importância de o Estado ter uma estratégia de Governo Digital bem construída, para que possa ter um resultado exitoso na execução do projeto de transformação digital, que possui uma linha de financiamento do programa Brasil Mais Digital do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). A Bahia tem uma linha de crédito de U$ 42 milhões, somados a uma contrapartida de U$ 10 mi do Estado, totalizando U$ 52 milhões para investimento na área de transformação digital. O secretário ressaltou que a linha de financiamento só foi possível pelo apoio concedido ao projeto pelo governador Jerônimo, que assinou a solicitação do financiamento junto ao Banco.

Foto: Leonardo Rattes/Sesab

A representante do Ministério da Gestão e da Inovação (MGI), Loyane Tavares, diretora de Difusão da Transformação Digital, falou sobre a relevância dos projetos de Transformação Digital estarem alinhados com outros entes federativos, como municípios e a União. Destacou também que a Bahia está no time correto com o Governo Federal, que vai lançar a Estratégia Nacional de Governo Digital na próxima sexta-feira (21). Vale lembrar que a plataforma de serviços públicos baiana (BA.GOV.BR) já está em processo de integração com municípios do Estado.

Palestra

Durante o evento, Sílvio Meira – que também é chief scientist na The Digital Strategy Company, professor extraordinário da Cesar School e professor emérito do Centro de Informática da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) – apresentou uma palestra sobre Governos Figitais. Em seu painel, o consultor explicou o conceito de Figital, um novo espaço, habilitado por plataformas digitais, que compreende as dimensões física, digital e social. Meira defende que os governos devem atender os cidadãos, prestando serviços eficientes e utilizando esse novo espaço, que foi viabilizado após a chegada da internet, da nuvem, das plataformas digitais, comunidades, smartphones, dentre outros.

“O objetivo é enfatizar como a combinação integrada do físico com o digital é fundamental para que o serviço seja prestado ao cidadão de forma eficiente e eficaz”, acrescentou Claudio Marinho, sócio de Meira. Ex-secretário de Ciência, Tecnologia e Meio Ambiente do Estado de Pernambuco, Marinho conta ainda que as experiências complementares dele e Meira nas áreas de políticas públicas e inovação têm permitido ao consórcio apoiar iniciativas de transformação digital de governos pelo Brasil afora. ”No momento, inclusive, acabamos de conduzir um processo semelhante de construção de Estratégia de Governo Digital para o Estado de Alagoas”, revela.

Foto: Leonardo Rattes/Sesab

Para o consultor, as expectativas para a realização da Jornada na Bahia são as mais positivas. “Ficamos muito animados ao perceber o engajamento do estado em promover transformação digital e sua decisão acertada de reunir os serviços públicos digitais do Estado em uma plataforma única”, elogia o consultor, referindo-se à plataforma BA.GOV.

O evento foi encerrado pelo secretário de Comunicação do Estado, André Curvello, que destacou a importância da Jornada de Construção Colaborativa da Estratégia de Governo Digital 2024-2029. “Este não é um projeto da Secretaria da Administração, da Prodeb, da Secretaria de Comunicação e de demais órgãos estaduais. É um projeto com a participação de todo o Governo, de todos juntos, na mesma direção”.

Foto: Leonardo Rattes/Sesab

Fonte: Ascom/Saeb

Fonte: Clique aqui

Créditos do autor: Lais Souza

Créditos da imagem: Reprodução/Divulgação

Os direitos de imagem e texto são de autoria dos respectivos autores e editores mencionados no post original. Consulte a fonte primária clicando em ‘Fonte: Clique aqui’. Esta plataforma respeita a legislação de direitos autorais vigente (Lei nº 9.610/1998) e compromete-se a retirar qualquer conteúdo que infrinja os direitos autorais mediante notificação apropriada. Clique em ‘Contato’ para falar conosco.