O bairro de Cajazeiras está sendo a casa do judô baiano nesta semana com o apoio da Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia (Sudesb), autarquia da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre). O Ginásio Poliesportivo de Cajazeiras vai receber três competições até o domingo (14): a Caravana do Judô, até quinta-feira (11); a Super Etapa do Judô, na sexta-feira (12) e no sábado (13); e o Festival de Judô Solidário, no domingo (14).

O diretor-geral da Sudesb, Vicente Neto, pontua a relevância do apoio à modalidade em uma região de vulnerabilidade social. “É muito importante a realização de atividades abertas ao público no Ginásio de Cajazeiras porque levamos a prática direta e as disputas para serem assistidas, fomentando o esporte como ferramenta de inclusão social. O judô é uma modalidade muito especial para levar aprendizados sobre a vida para estes jovens e um parceiro do Governo do Estado e da Sudesb neste incentivo a prática esportiva em toda a Bahia”.

As atividades promovidas pela Federação Baiana de Judô (Febaju) foram pensadas para incentivar a modalidade na capital e trazer novos adeptos, priorizando os da região de Cajazeiras e de associações parceiras. Por isso, a Sudesb também vai apoiar com a disponibilização de dois transportes de 50 lugares cada para a Febaju e a Associação Beneficente Educação, Arte e Cultura (ABEAC) levarem os atletas ao evento, incluindo, no caso da ABEAC, os oriundos do núcleo do projeto Esporte por Toda Parte, uma iniciativa da Sudesb, no local.

O presidente da entidade, Marcelo Ornellas, destaca a relevância das ações. “Nessa semana, estamos realizando uma série de eventos no Ginásio de Cajazeiras, mais uma vez com o apoio fundamental do Governo do Estado da Bahia, através da Setre e da Sudesb. Teremos a Caravana do Judô, atendendo alunos dos colégios públicos da região; a Super Etapa, competição itinerante, que pontua para o nosso ranking estadual; e encerramos com o Festival Judô Solidário, que atenderá crianças e adolescentes oriundos de Projetos sociais de toda a cidade do Salvador.”

Caravana do Judô

Com oficinas gratuitas de judô para crianças e adolescentes das 10h às 12h e das 14h às 16h, o objetivo da atividade é fomentar a prática da modalidade também na capital baiana, além de incentivar a implantação de novos núcleos de iniciação esportiva a partir da doação de tatames e quimonos. Na quinta-feira (11), os trabalhos são direcionados para escolas da região, enquanto, na quarta-feira (10), o espaço é aberto prioritariamente ao público em geral.

Neste ano, a Caravana do Judô já passou por Ilhéus, Jequié, Santo Antônio de Jesus e Simões Filho, contemplando mais de mil crianças e adolescentes. Cerca de 200 crianças e adolescentes são esperadas na etapa de Salvador do projeto que conta com o apoio também do Ministério do Esporte, por meio da Lei de Incentivo ao Esporte (n.º 11.438/06).

Super Etapa do Judô

No meio das ações direcionadas ao público em geral, o Ginásio de Cajazeiras também vai ser o palco das disputas estaduais válidas pelo ranking da Febaju e do Tour do Judô, uma parceria da Federação com a Sudesb para levar as disputas para mais espaços e cidades pela Bahia. Ao todo, são dez cidades durante o ano.

Na sexta-feira (12), das 17h às 21h, serão realizadas as pesagens no Salvador Norte Shopping para as disputas que acontecem no sábado (13), a partir das 7h até as 19h. 435 judocas (283 masculino e 152 feminino), oriundos de 43 clubes e com 553 inscrições ao todo, vão disputar as categorias sub-11, sub-13, sub-15, sub-18, sub-21, sénior, iniciantes e veteranos.

Judô Solidário

No domingo (14), das 8h às 16h, a Febaju promove mais uma edição do Festival Judô Solidário. Poderão participar judocas das classes sub-5 a sub-18 na competição com inscrição gratuita e focada em atender os projetos sociais será realizada.

Cerca de 250 crianças e adolescentes já estão inscritos no evento que segue com inscrições abertas até esta quinta-feira (11). Os interessados devem doar 1 kg de alimento não perecível ou um quimono usado e em bom estado de conservação para participar, após realizar a inscrição pela plataforma ou via e-mail contatot@febaju.com.br.  A entidade doará os alimentos arrecadados para uma instituição não governamental.

“É uma grande felicidade para a Febaju realizarmos mais uma edição do Judô Solidário e dessa vez na capital baiana. Esse é um compromisso da entidade, reforçando a responsabilidade social do judô com pessoas em estado de vulnerabilidade social. Temos certeza que será mais uma edição de sucesso”, finaliza o presidente.

Fonte: Ascom/Sudesb

Fonte: Clique aqui

Créditos do autor: Lais Souza

Créditos da imagem: Reprodução/Divulgação

Os direitos de imagem e texto são de autoria dos respectivos autores e editores mencionados no post original. Consulte a fonte primária clicando em ‘Fonte: Clique aqui’. Esta plataforma respeita a legislação de direitos autorais vigente (Lei nº 9.610/1998) e compromete-se a retirar qualquer conteúdo que infrinja os direitos autorais mediante notificação apropriada. Clique em ‘Contato’ para falar conosco.