O Centro de Convenções de Salvador, na Boca do Rio, sedia a 3ª edição do Origem Week e o 35º Chocolat Festival 2024. Desta quinta-feira (14) até domingo (17), estão programadas várias atividades, como cozinha-show, oficinas, palestras e feira de origem, bem como ações para crianças.

São 230 estandes, de 194 marcas e produtores da Bahia e outros estados, expondo e comercializando itens feitos com cacau e outras matérias-primas como leite, café, pescado e artesanatos. Há, ainda, a participação de chefs de países como Angola, Bélgica e Argentina. A entrada é gratuita, porém os visitantes devem entregar 1kg de alimento não perecível, que será doado para a campanha Bahia Sem Fome.

Presente na abertura da programação, o governador Jerônimo Rodrigues destacou o papel de responsabilidade social dos eventos: “além de trabalhar para que as pessoas possam ser responsáveis pelo meio ambiente, pela vida das pessoas, visa garantir o combate à fome. Estamos falando, também, de agricultura familiar, de economia, turismo. Tudo com base no cacau”.

A MVU Empreendimentos/Grupo M21, organizadora dos eventos, estima que, nos quatro dias, um público de 28 mil pessoas passe pelo local, gerando uma receita de, aproximadamente, R$ 6 milhões em negócios. Eriela Mendes, do Centro Público de Economia Solidária (Cesol) do Território de Irecê, tem boa expectativa para o Festival. “Esperamos que as pessoas venham conhecer os nossos produtos oriundos da economia solidária. Aqui, nós temos produtos naturais, como o tempero, o mel orgânico e o artesanato em geral”, sinalizou.

O objetivo é difundir o cooperativismo e incentivar a criação de novos produtos de origem; impulsionar a revitalização da cadeia produtiva e movimentar a economia; atrair investimentos e ampliar o fluxo de visitantes/turistas para o estado; prospectar oportunidades de negócios e meios de acesso ao mercado; conhecer as ferramentas de inovação e melhoria de competitividade do setor. Ao longo da programação, diversas cadeias produtivas do Brasil apresentarão produtos de origem, gourmet e artesanais, como o “Chocolat Festival”, o “Origem Brasil”, agricultura familiar com uma diversidade de produtos, e o “Salão do Café”.

Como parte do planejamento de ampliar o fluxo de visitantes, serão promovidos os mais diversos destinos baianos. O público terá acesso a informações das 13 zonas turísticas do estado.

A próxima edição do Chocolat Festival está prevista para ocorrer de 9 a 12 de maio, em Brasília. Mas, no mês de julho, volta para a Bahia, quando, de 18 a 21, a cidade de Ilhéus sedia o evento.

 

Foto: Matheus Landim/GOVBA

Fonte

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *