O governo do presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, está retendo envios de armas a Israel há pelo menos duas semanas, disse uma fonte com conhecimento do assunto nesta terça-feira (7).

O site Politico, que publicou mais cedo a informação, citou uma autoridade norte-americana dizendo que Washington quer mandar uma mensagem política a Israel.

Os envios atrasados incluem kits de asa de pequeno diâmetro para bombas não guiadas, fabricados pela Boeing, que foram projetados para torná-las mais precisas, afirmou a fonte, acrescentando que várias vendas comerciais diretas para Israel que estavam em andamento também foram interrompidas.

Uma pausa em novas vendas impediria que Israel reabasteça as armas que já usou.

A Boeing não respondeu imediatamente a um pedido por comentário.

Fonte: CNN Brasil