Dando sequência ao roteiro de viagens pelo interior baiano, o governador Jerônimo Rodrigues cumpriu agenda, neste sábado (1º), no município de Lajedinho. Na cidade da Chapada Diamantina, ele inaugurou o Mercado Municipal Antônio Macêdo Góes e o Clube Cultural. O chefe do executivo também realizou entregas nas áreas de saúde e educação, além de visitar o memorial municipal para as 17 vítimas do desastre natural de 2013. 

Construído pela prefeitura, o local lista os nomes de todas as vítimas da enxurrada provocada pela cheia do rio Saracura. Na oportunidade, o governador, acompanhado do prefeito Antônio Mário, conheceu o projeto do canal de macrodrenagem, que está sendo construído pela Companhia de Desenvolvimento Urbano (Conder) para evitar nova cheia e, consequentemente, outro desastre natural, como o ocorrido em 7 de dezembro de 2013, que vitimou 17 pessoas e deixou outras 600 desabrigadas. 

Foto: Feijão Almeida/GOVBA

“Lajedinho é um dos menores municípios populacionais da Bahia. Isso prova como a gente governa. Governa pra todos. Se Salvador, Feira, Itapetinga, Itabuna, Conquista merecem obras e merecem recursos, os pequenos também merecem. E eu vim aqui, hoje, pra isso, fazer entregas. Mas uma coisa importante foi visitar o canal por onde as águas de 2013 saíram destruindo tudo. Elas passaram por aquelas beiras de igreja, de casa, levando vidas. Nós estamos investindo, arrumando o canal. Esta é a primeira etapa e, na segunda etapa, nós vamos fazer mais três pontes e fazer a urbanização da área para lazer”, detalhou o governador.

A obra tem cerca de 600 metros de extensão, alvenaria de pedra e quatro pontes. Está prevista a urbanização. Os dois gestores discutiram com o engenheiro responsável, Átila Lopes, pontos de execução das intervenções.

Foto: Feijão Almeida/GOVBA

O trabalho conjunto do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) com a Secretaria estadual de Desenvolvimento Urbano (Sedur) e a prefeitura foi responsável pela reforma do Mercado Municipal Antônio Macêdo Góes. O equipamento foi totalmente reconstruído, devido à estrutura anterior ter sido comprometida pela grande quantidade de água. Como forma de padronizar e qualificar o centro comercial, foram entregues 40 barracas de feira livre.

A atuação parceira dos três entes federativos também resultou na inauguração do Clube Municipal Cultural Raimunda Góes de Oliveira. No local, serão realizadas atividades culturais, de artes e esportivas. Juntos, os dois equipamentos tiveram recurso de R$ 1,9 milhão.

Foto: Feijão Almeida/GOVBA

As entregas para Lajedinho não param por aí. A Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), que é ligada à Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), entregou um pacote de equipamentos que vai contribuir com os produtores locais. “O nosso governador vem implementando ações que fortalecem a economia dos municípios através da agricultura familiar. Investir na base de produção é importante. Como é um arranjo produtivo, é base de produção organizada, é agregação de valor com o equipamento que a gente está construindo aqui, que é um frigorífico para suínos, e também ambiente de comercialização. E esses equipamentos chegam para facilitar o trabalho do agricultor familiar do campo”, avaliou o diretor da CAR, Jeandro Ribeiro.

Foram duas retroescavadeiras com implementos; um trator com roçadeira articulada; um trator com implementos agrícolas; duas carretas agrícolas e um kit de irrigação, que vão fortalecer as atividades dos agricultores, como destaca o presidente da Associação Comunitária do Cajueiro 1 (ACC), Adão Almeida: “vai viabilizar a escoação de produtos das roças, mandioca, por exemplo, a carne de farinha e, também, em toda a atividade agrícola. Vai ser muito útil e muito importante para a nossa comunidade. A gente produz milho, abóbora, batata, mas, também, principalmente, a mandioca. É o nosso foco”.

A partir de agora, os estudantes que moram distantes da sede vão ser transportados com mais conforto, segurança e menor tempo de viagem. Foi entregue uma van escolar para atender alunos que residem na zona rural e comunidades mais afastadas. O veículo faz parte do lote de 54 mini ônibus entregues pela gestão estadual, através da Secretaria da Educação (SEC), no último dia 20, em Salvador. Já a Secretaria da Saúde (Sesab) entregou uma ambulância. 

Foto: Feijão Almeida/GOVBA

Histórico

Em 7 de dezembro de 2013, uma chuva muito forte causou uma tromba d’água, provocando um grande estrago em Lajedinho: 17 pessoas morreram e outras 600 ficaram desabrigadas devido ao aumento repentino das águas do rio Saracura. 

Nesta tragédia, choveu o equivalente a 120 milímetros. A enxurrada levou casas e estruturas de prédios públicos. 

No ano de 2017, a cidade foi atingida, novamente, por fortes chuvas, porém com menor intensidade, quando as águas do rio Saracura invadiram a cidade e deixaram casas e ruas alagadas. Ao menos 94 famílias ficaram desabrigadas. Não houve registro de mortes ou feridos.

Repórter: Anderson Oliveira/GOVBA

Fonte: Clique aqui

Créditos do autor: Louise Cibelle

Créditos da imagem: Reprodução/Divulgação

Os direitos de imagem e texto são de autoria dos respectivos autores e editores mencionados no post original. Consulte a fonte primária clicando em ‘Fonte: Clique aqui’. Esta plataforma respeita a legislação de direitos autorais vigente (Lei nº 9.610/1998) e compromete-se a retirar qualquer conteúdo que infrinja os direitos autorais mediante notificação apropriada. Clique em ‘Contato’ para falar conosco.