O mercado financeiro demonstra uma confiança quase absoluta no presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto. De acordo com a pesquisa Genial/Quaest, divulgada nesta quarta-feira, 20, 81% dos entrevistados disseram confiar no chefe do BC.

Por outro lado, há uma profunda desconfiança em relação a algumas figuras ligadas ao governo federal, incluindo o próprio presidente Lula, que tem um nível de aprovação de apenas 1%.

Quem também aparece com boas avaliações na pesquisa é o governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas (Republicanos), com um índice positivo de 62%. O governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), vem logo atrás, com aprovação de 34%.

Dentre as pessoas ligadas ao governo, o nível de confiança mais alto é do ministro da Fazenda, Fernando Haddad, com 11%. O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG) aparece com 0% de menções positivas entre os entrevistados. O ex-presidente Jair Bolsonaro também tem nível de confiança bastante baixo (3%).

A pesquisa Genial/Quaest, feita pela primeira vez neste ano, ouviu gestores, economistas, operadores e analistas em 101 entrevistas com fundos de investimento sediados em São Paulo e no Rio de Janeiro. As entrevistas foram feitas de forma online, por meio da aplicação de questionários estruturados.

Perguntados sobre o cenário para a eleição brasileira em 2026, 86% dos entrevistados disseram acreditar que o presidente Lula será candidato. E 53% disseram que ele é o favorito para vencer a disputa.

Campos Neto tem o índice de confiança mais alto entre os agentes do mercado financeiro Foto: Wilton Junior/Estadão

Em relação ao ex-presidente Jair Bolsonaro, 47% disseram acreditar que ele será preso. Caso isso venha a acontecer, isso deve favorecer mais a oposição do que o governo para 84% das pessoas ouvidas.

A pesquisa mostra ainda que o mercado financeiro crê em chances razoáveis de o governo aprovar sua agenda no Congresso. Para 59%, há uma chance “regular” de isso acontecer, enquanto 18% veem chances altas. Para 23%, essas chances são baixas.

Fonte

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *