O apelo por respeito à pluralidade e à diversidade também vai integrar as celebrações dos 201 anos da Independência do Brasil na Bahia. Na caminhada do 2 de Julho, data magna da Bahia que marca a luta de baianos e baianas por liberdade, a Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (SJDH) vai disseminar a campanha Respeito é Nosso Direito. Ao longo do percurso, serão distribuídas peças com mensagens sobre inclusão, diversidade e respeito às diferenças, contra o etarismo, a LGBTfobia, o capacitismo, entre outras discriminações.

As mobilizações são parte do projeto estratégico Direitos Humanos em Eventos Populares, da SJDH, que contempla ações preventivas, de defesa e proteção dos direitos das/os cidadãs/ãos em festas populares. Equipes volantes vão acompanhar o desfile, distribuindo peças publicitárias da campanha Respeito é nosso Direito, com apelos educativos sobre respeito aos direitos de pessoas idosas, LGBTQIAPN+, crianças, adolescentes, pessoas com deficiência.

Foto: Fernando Vivas/GOVBA

“A mobilização é sempre importante e essencial para alertar as pessoas no que tange às violações de direitos. E esses momentos de reafirmação da democracia são fundamentais para mostrar ao cidadão que ele é um sujeito de direitos”, ressalta a superintendente de Apoio e Defesa aos Direitos Humanos, Trícia Calmon.

A distribuição de ventarolas e adesivos coloridos, com informações educativas, levam ao 2 de Julho o compromisso da SJDH com a garantia da proteção de direitos. Com foco em públicos vulnerabilizados como crianças, adolescentes, pessoas idosas, a campanha divulga conhecimentos sobre a importância de atentar para o respeito à diversidade e à pluralidade, bem como para o combate a qualquer forma de discriminação. A data heróica que relembra o protagonismo de um povo na luta por sua autonomia, também dá lugar à luta pelo respeito aos direitos humanos.

Fonte: Ascom/SJDH

Fonte: Clique aqui

Créditos do autor: Louise Cibelle

Créditos da imagem: Reprodução/Divulgação

Os direitos de imagem e texto são de autoria dos respectivos autores e editores mencionados no post original. Consulte a fonte primária clicando em ‘Fonte: Clique aqui’. Esta plataforma respeita a legislação de direitos autorais vigente (Lei nº 9.610/1998) e compromete-se a retirar qualquer conteúdo que infrinja os direitos autorais mediante notificação apropriada. Clique em ‘Contato’ para falar conosco.