A reação dos jogadores do Bolívar no momento em que viram o Flamengo como adversário no Grupo E da CONMEBOL Libertadores viralizou. Enquanto uns comemoraram a possibilidade de enfrentar um dos candidatos ao título, outros lamentaram.

Sentado no sofá e acompanhando o sorteio na televisão, o brasileiro Bruno Sávio balançou a cabeça de forma negativa enquanto alguns companheiros se abraçavam na sala. Afinal, o ex-atacante de Guarani, América-MG, Cuiabá e Avaí sabe muito bem a força do Flamengo.

Em entrevista à ESPN, Bruno Sávio lembrou quando viu de perto o Flamengo ganhar do Al Ahly, por 4 a 2, na disputa pelo 3º lugar do Mundial de Clubes de 2023. O atacante estava no clube do Egito, mas acabou ficando no banco de reservas.

“É normal, cada um reagiu de uma maneira. Dos times brasileiros, para mim o Flamengo é quem tem o melhor investimento, você tem jogadores de seleção, conhecidos. É sempre difícil jogar contra o Flamengo. No Mundial de Clubes eu não entrei, mas meu ex-clube jogou contra. Sei como é difícil jogar contra o Flamengo“, disse Bruno Sávio.

Se engana, porém, quem acha que o Flamengo vai ter vida fácil contra o Bolívar. O atacante brasileiro lembrou a campanha do ano passado, quando o time se classificou em um grupo que tinha Palmeiras, Cerro Porteño e Barcelona-EQU, passou pelo Athletico-PR nas oitavas de final e foi eliminado pelo Internacional.

“Também é muito difícil jogar contra nós, um time bem treinado, temos nossos valores individuais também. Inclusive ano passado o Palmeiras veio aqui e perdeu, o Cerro Porteño, o Barcelona-EQU e o próprio Athletico-PR. Espero que esse ano a gente consiga provar novamente que temos qualidade”, afirmou.

O fator casa, inclusive, é uma das armas do Bolívar. O Estádio Hernando Siles está localizado na cidade de La Paz, que fica a mais de 3.500 metros acima do nível do mar. É comum jogadores sentirem o efeito da altitude.

“Nunca tive muito problema com a altitude. Desde que cheguei me adaptei muito rápido. A altitude é muito pessoal, cada um reage de cada forma. Para mim foi muito tranquilo. Claro que muitas pessoas se sentem mal, mas tem pessoas que não sentem nada. Acho que a grande prova disso é que recentemente a seleção veio aqui e ganhou da Bolívia”, comentou Bruno Sávio, se referindo a vitória do Brasil por 4 a 0, no dia 29 de março de 2022, pelas eliminatórias da Copa do Mundo.

Em sua segunda passagem pelo Bolívar – a primeira foi em 2021 -, Bruno Sávio é um dos destaques do time comandado pelo argentino Flavio Robatto. Ao todo, são 25 gols e 15 assistências em 63 partidas.

Próximos jogos do Flamengo

Fonte

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *