Um guia sherpa nepalês terminou de escalar o Monte Everest pela 30ª vez, um recorde, na quarta-feira (22), segundo uma autoridade. Essa também é a segunda vez que completou a subida em 10 dias.

Alpinistas comuns levam vários dias para escalar o cume do Everest, e é muito raro que eles façam várias subidas em um curto espaço de tempo.

Kami Rita, de 54 anos, alcançou o pico de 8.849 metros pela tradicional rota do cume sudeste, informou Khim Lal Gautam, autoridade do turismo nepalês.

Kami Rita havia escalado o Everest pela 29ª vez em 12 de maio.

Ele “quebrou seu próprio recorde, isso marca sua 30ª ascensão ao topo do mundo”, disse Gautam, chefe do escritório de campo de monitoramento e facilitação de expedições no acampamento base, em uma publicação no X.

Kami Rita Sherpa, recordista mundial de subidas ao topo do Monte Everest, em Kathmandu / REUTERS/Navesh Chitrakar

O alpinista subiu o Everest pela primeira vez em 1994, e tem feito isso quase todos os anos desde então, exceto quando as autoridades fecharam a montanha por vários motivos em três anos.

Outro alpinista sherpa escalou o Everest 27 vezes, o maior número de vezes depois de Kami Rita.

O alpinismo é uma atividade turística importante, fonte de renda e emprego no Nepal, que abriga oito dos 14 picos mais altos do mundo.

Detalhes da escalada de Kami Rita no início da quarta-feira estavam sendo aguardados, segundo as autoridades.

Fonte: CNN Brasil