Marcas crescem no mercado e mostram a força da agricultura familiar (Foto: Victor Amorim)

À medida que os preços do cacau sobem e as grandes indústrias de chocolate diminuem seus produtos, a agricultura familiar na Bahia surge como uma alternativa promissora para os consumidores preocupados com a qualidade e o sabor dos chocolates nesta Páscoa.

Enquanto o mercado global enfrenta desafios devido ao aumento dos custos de produção e aos preços recordes do cacau, a produção de chocolates na Bahia prospera e conta com investimentos do Governo do Estado, por meio da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR). Esses investimentos visam fortalecer a cacauicultura baiana, garantindo amêndoas de alta qualidade para a produção de chocolates finos.

Marcas como Bahia Cacau, da Cooperativa da Agricultura Familiar e Economia Solidária da Bacia do Rio Salgado e Adjacências (Coopfesba), e Natucoa, da Cooperativa de Serviços Sustentáveis da Bahia (Coopessba), estão oferecendo uma ampla gama de opções de chocolates que atendem a diferentes gostos e necessidades dos consumidores.

A Bahia Cacau dispõe de barras de chocolate de 20g e 80g, com percentuais de cacau entre 35% e 70% sendo comercializadas na loja da fábrica, em Ibicaraí, no quiosque no Shopping Jequitibá, em Itabuna, e no Empório da Agricultura Familiar, no Mercado do Rio Vermelho, em Salvador. Fora isso o público poderá optar em levar para casa as trufas de chocolate saborizadas com frutas dos vários biomas da Bahia, tudo produzido com ingredientes de alta qualidade e cultivados por agricultores e agricultoras familiares.

“Essa data é muito interessante para a nossa agroindústria. Aumenta muito o nosso resultado de vendas e nada melhor do que oferecer um chocolate saudável e de boa qualidade para os amigos e familiares”, disse Josivaldo Dias, gerente comercial da Bahia Cacau.

Sabor e qualidade

Da mesma forma, a Natucoa oferece uma variedade de barras de chocolate, desde opções puras até sabores mais exóticos, como licuri e nibs, além de barras com frutas desidratadas, como banana, abacaxi e cupuaçu, todas livres de lactose e glúten, ideais para as pessoas com restrições alimentares. Os produtos também podem ser encontrados no Empório da Agricultura familiar e na nova loja da Natucoa, localizada em Ilhéus.

Segundo Carine Assunção, presidente da cooperativa, os produtos da Natucoa são uma verdadeira celebração de sabor e qualidade. “Estamos comprometidos em oferecer opções deliciosas e saudáveis para os nossos clientes, garantindo uma Páscoa ainda mais especial”.

Os investimentos do Governo do Estado, por meio da CAR, empresa pública vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), em ações voltadas para a melhoria da qualidade do cacau incluem desde a seleção de mudas até a assistência técnica aos agricultores familiares, garantindo práticas agrícolas sustentáveis e preservação ambiental. A implantação do modelo de plantio de cacau-cabruca, no Sul da Bahia também tem contribuído para a conservação da biodiversidade local.

Fonte: Diário Bahia

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *